Londrina recebe o maior evento católico do Brasil neste final de semana

Share

É a primeira vez que o encontro, realizado anualmente em Cachoeira Paulista, se desloca para outra cidade; são esperadas cerca de 10 mil pessoas

Londrina sedia, pela primeira vez, o maior evento cristão do Brasil, o PHN (Por hoje não vou mais pecar), que tem como objetivo principal a evangelização. Será neste final de semana, no sábado e domingo (26 e 27), no Ginásio de Esportes Moringão. São esperadas cerca de 10 mil pessoas nos dois dias de encontro, que este ano celebra 21 anos de existência. O Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel) é um dos apoiadores do evento.

O PHN é realizado anualmente em Cachoeira Paulista/SP, na comunidade Canção Nova, e esta é a primeira vez que o evento se desloca para outra cidade. No ano passado, o encontro reuniu 180 mil fiéis e em 2017 mais de 100 mil pessoas. A iniciativa é uma realização do projeto Evangelizar Sempre, que busca a evangelização católica.

evento.catolico.DPSegundo o fundador do Evangelizar Sempre, Leonardo Santos Barbosa, a ideia é realizar o evento em Londrina todos os anos. “Conseguimos trazer o encontro pra cá, devido à proximidade que temos com os organizadores da iniciativa, e além de evangelizar, vamos promover ação social, pois iremos arrecadar alimentos não perecíveis que posteriormente serão doados para intuições da cidade”, disse.

No sábado, o encontro inicia às 13 horas, e contará com a presença das lideranças religiosas conhecidas entre os católicos, Astromar Miranda, Padre Roberto Medeiros, Jorjão Kairós, Frei Gilson e Padre Adriano Zandoná. No domingo, começa às 8h30, com os missionários Dunga, Frei Gilson, Leonardo Barbosa, comunidade católica Colo de Deus, além dos padres Dirceu Junior e Adriano Zandoná.

Os ingressos já estão sendo vendidos e podem ser adquiridos no portal www.tkingressos.com.br/ ou pessoalmente na Livraria Dom Geraldo, localizada na Catedral Metropolita de Londrina. No dia do evento, deve-se levar 1kg de alimento não perecível. Outras informações podem ser obtidas no (43) 98807-7123.

 

Foto: Divulgação