Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Portal da Prefeitura do Município de Londrina - Núcleo de Comunicação
Duque de Caxias recebe capa asfáltica
Escrito por N.Com   
Ter, 30 de Março de 2010 00:00
Procedimento é efetuado por uma equipe de operários da Secretaria Municipal  de Obras; população pode solicitar o serviço pelo telefone 3341-1195
 
Sema leva educação ambiental para o Lago Norte
Seg, 29 de Março de 2010 11:13
“Domingo é a gente que faz” apresenta a Biblioteca Móvel Ambiental para público da região norte; 100 mudas de árvore serão plantadas na edição deste final de semana
 
F3 Sulamericana tem etapa confirmada em Londrina
Qui, 25 de Março de 2010 09:56
Tradicional categoria de monopostos, que serviu de base para diversos pilotos brasileiros de sucesso internacional, ocorrerá em Londrina e está prevista para outubro


3c229c683268077ad877019876a2a04aA Organização da Fórmula 3 Sulamericana confirmou hoje (dia 25), durante a coletiva semanal do prefeito de Londrina, Barbosa Neto,  a realização de uma das nove etapas que a categoria terá este ano na cidade, no autódromo internacional Ayrton Senna. O evento ocorrerá nos dias 16 e 17 de outubro de 2010, junto com provas do Campeonato Metropolitano de Londrina e terá apoio da Prefeitura de Londrina e do Automóvel Clube do Café Londrina. A F3 Sulamericana é a principal categoria de monopostos do Brasil e um excelente campo de aprendizado a jovens pilotos com aspirações de migrar para o automobilismo internacional. Londrina receberá os participantes desse evento, em um fim de semana com duas baterias de provas que devem contar com mais de 20 pilotos. Para o prefeito Barbosa Neto, a F3 Sulamericana no município firma os esforços que a gestão municipal tem feito em trazer outros eventos automobilísticos para o Autódromo. “Já trouxemos a Fórmula Truck e grandes competições do setor, como a Stock Car, que estamos tentando trazer novamente neste ano. Além disso, é importante ressaltar os investimentos que faremos na reforma do autódromo. O organizador da categoria, Dilson Motta, creditou a inserção do município no calendário pela importância de Londrina. “A cidade é muito bem desenvolvida e ama o esporte. Por isso, é cada vez mais importante levarmos as corridas a todo o Brasil, para estimular a atividade dos autódromos existentes e também a criação de novos”, afirmou o organizador, que disse esperar que a competição permaneça em Londrina “por longos anos”. O presidente do Automóvel Clube de Londrina (ACC), Robson Ranieri, destacou a importância da realização do evento na cidade, fato que não acontecia há oito anos. “Agradecemos à Prefeitura de Londrina por nos ajudar a trazer essa categoria para o município novamente, já que, anteriormente, a corrida não acontecia por falta de incentivo. Porém, neste ano a F3 Sulamericana virá para Londrina”, destacou. O presidente da Associação das Equipes de F3 Sulamericana, Augusto Cesário, citou alguns competidores que foram revelados nesse setor do automobilismo. “Temos alguns destaques aqui do próprio Paraná, como Ricardo Zonta e Cristiano da Mata, que já pilotaram na Fórmula Um. Receber o apoio da administração municipal é muito prazeroso, já que essa iniciativa trará de volta a prática do automobilismo no Autódromo de Londrina”, salientou o presidente. O diretor de turismo do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Cristiano Feijó, lembrou que Londrina é um dos pontos de referência para o automobilismo brasileiro e que a vinda de uma etapa desse campeonato trará mais visibilidade á cidade. “O evento divulga o nome de Londrina, consolida sua força no cenário nacional e serve para atrair outras competições de renome”, explicou. Para Feijó, além dos benefícios no âmbito esportivo, o turismo da cidade também será aquecido com a realização do evento. “A vinda da Fórmula 3 vai gerar demanda de público de fora, tanto os que assistirão as provas, quanto os que participam da competição, como pilotos, organizadores, mecânicos e familiares”, avaliou. Além da confirmação da F3 Sulamericana em outubro deste ano, Londrina irá receber, nos dias 24 e 25 de julho, as etapas das Fórmulas Línea e Futura, campeonatos automobilísticos recentemente criados e desenvolvidos pela Fiat Automóveis e a família do piloto brasileiro Felipe Massa. Em 2010 a categoria terá a sua primeira edição.  A categoria Existente desde 1987, a Fórmula 3 Sulamericana se destaca por ser um grande celeiro de pilotos, bem como por ter grande importância na preparação de jovens que almejam chegar às principais competições automobilísticas do mundo. Pilotos brasileiros de renome internacional, como Rubens Barrichello, Christian Fittipaldi, Ricardo Zonta e Nelson Piquet Junior são alguns dos que passaram pela F3 ao longo de sua história e chegaram à Fórmula 1. Na última década, disputaram a Fórmula 3 Sulamericana Lucas di Grassi, que estreou este ano na F1, Vitor Meira e Bia Figueiredo, que competem na Fórmula Indy, além de Diego Nunes, Alberto Valério e Luiz Razia, que estão atualmente na GP2, última categoria de base  para alcançar a Fórmula 1. O campeão da última temporada da F3, Leonardo Cordeiro, já assegurou vaga para a GP3, que  iniciará as atividades em 2010 como atalho de acesso à GP2. Neste ano, a Fórmula 3 Sulamericana terá nove etapas. As atividades se iniciam em 25 de abril em Campo Grande. Depois, os participantes correrão em Brasília, Caruaru, Porto Alegre, Curitiba, Santa Fé (Argentina), Piriapolis (Uruguai), Londrina e encerram a temporada em 7 de novembro, em São Paulo, como evento preliminar do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1.
(Londrina, 25 de março de 2010) Foto: Luiz Jacobs
 
Prefeitura realiza ação conjunta na região norte
Escrito por N.Com   
Seg, 29 de Março de 2010 15:29
As secretarias começam hoje ações de pintura, limpeza, capina e roçagem das vias públicas na região; após o dia 9 de abril, o grupo se desloca para a região sul
 
CMTU discute ampliação da coleta seletiva em Londrina
Seg, 29 de Março de 2010 00:00
Outras atividades da Companhia visam promover o andamento da campanha “Pé na Faixa” e das obras de recape na cidade

 
Imposto de Renda pode financiar projetos culturais
Qui, 25 de Março de 2010 08:49
Projeto deve atrair novos patrocínios de empresas e pessoas físicas para festivais e programas culturais do município, através da doação por renúncia fiscal 


3c229c683268077ad877019876a2a04aA campanha “Leãozinho Cultural: O imposto que você paga em Londrina, deve ficar em Londrina”, lançada hoje (25), durante entrevista semanal, visa atrair mais patrocinadores para os projetos culturais da cidade através da doação por renúncia fiscal do Imposto de Renda (IR) anual de pessoas físicas e jurídicas. As empresas de toda a região podem fazer o investimento de 4% do seu IR e pessoas comuns podem doar 6%. Esses valores vão se somar aos investimentos na ordem de R$ 750 mil da Prefeitura de Londrina, por meio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic) para festivais em 2010. A previsão, até o momento, é de que esse dinheiro seja dividido entre os festivais : Literário de Londrina - Londrix, Festival de Dança, Demo Sul de Música Independente, Festival de Música de Londrina, Festival Internacional de Londrina  (Filo), Ballet de Londrina, entre outros. A Prefeitura investirá ainda outros R$950.000,00 em projetos independentes e R$ 1.250.000,00 em estratégicos. Projetos como o FILO, o Festival de Dança e de Música, movimentam também a economia local. No caso do Festival de Música, na última edição, segundo os organizadores, em 15 dias, foi movimentado cerca de R$ 1milhão, com comércio, hotelaria, alimentação, prestação de serviços e transporte. Isso demonstra que os investimentos financeiros, nas manifestações culturais da cidade, trazem benefícios, direta ou indiretamente, a todos os moradores de Londrina. O secretário de Cultura, Leonardo Ramos, destacou as iniciativas culturais que a própria administração municipal promove, como o Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), mas ressaltou que a busca por novas fontes de financiamento para os projetos deve ser uma ação contínua. “Hoje não há programas culturais na cidade que sejam exclusivamente viabilizados pelo poder público. Por isso, acreditamos que a sensibilização do empresário local nesse sentido é algo que deve ser construído com o tempo, sendo que ações como essas devem acontecer sempre”, comentou. Para o diretor artístico do Festival de Música de Londrina, Marco Antônio Almeida, a participação do empresariado da cidade em projetos culturais ainda é tímida. “Os festivais que promovemos no município sempre são patrocinados pelas mesmas empresas estatais. A campanha Leãozinho Cultural tem justamente a meta de atrair ainda mais o patrocínio da própria cidade. Essa campanha não pode ser pontual, ela deve ser uma ação permanente na cultura de Londrina”, disse o diretor. O prefeito de Londrina, Barbosa Neto, comentou as medidas que a prefeitura tem executado para priorizar a questão da cultura em Londrina. “Ano passado conseguimos trazer R$ 800 mil do governo federal para a realização do Filo e do Festival de Música, além das ações de reforma completa na Biblioteca Municipal e a restauração do Museu de Arte e do prédio da Secretaria Municipal de Cultura, assim como os recursos para a Escola Municipal de Dança”, frisou o prefeito. Todos os projetos do município, aprovados pelo Ministério da Cultura, podem receber doações pelo “Leãozinho Cultural”. Para isso, é necessário que o empresário ou pessoa física escolham qual programa pretendem beneficiar. Um site está sendo desenvolvido, no qual vão constar todos os desígnios, com o cronograma, ficha técnica e contato, para que os interessados conheçam os projetos a serem investidos. Após feita a escolha, deve ser efetuado o depósito da doação. O projeto beneficiado vai emitir um recibo impresso, entregando uma via para o investidor, que deve anexar aos documentos de declaração do IR, e uma outra para ser enviada ao Ministério da Cultura. No ano de declaração, a Receita Federal vai analisar a documentação entregue e fará a renúncia fiscal do IR destinado. Em contrapartida, as empresas vão receber um marketing cultural e ter suas marcas associadas às manifestações importantes na cidade, gerando mídia espontânea.
(Londrina, 25 de março de 2010)
Foto:Luiz Jacobs
 


Página 1116 de 1437

Acesso Fácil

Núcleo de Comunicação

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 3809 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner