Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Portal da Prefeitura do Município de Londrina - Núcleo de Comunicação
Contas municipais serão apresentadas em audiência pública
Qua, 17 de Fevereiro de 2010 22:11
Resultados são referentes ao 3° quadrimestre de 2009; será no período noturno para que haja mais participação da comunidade


A Prefeitura de Londrina, por meio da Controladoria-Geral do Município, apresenta segunda-feira (22), a partir das 18h, a prestação de contas referente ao 3° quadrimestre do exercício de 2009. A audiência pública será realizado na Câmara Municipal – rua Governador Parigot de Souza, 145. “Esta prestação de contas é feita de 4 em 4 meses. Apresentamos aspectos como as receitas e despesas da administração municipal, bem como seus resultados e o cumprimento da legislação. Nosso objetivo é atender a política de transparência, uma medida desenvolvida pelo prefeito, Barbosa Neto” , afirmou o controlador geral do município, Luiz Nicácio. Segundo o controlador, a pretensão é apresentar os dados de forma clara e objetiva à sociedade. “Queremos que a população saiba mais como estão sendo administrados os recursos da prefeitura. Isso é importante, para que a comunidade também compreenda a importância de sua função”, ressaltou. Nicácio lembrou, ainda, que, anteriormente, as audiências públicas eram realizadas de manhã, com participação mínima da comunidade,” daí, por determinação do prefeito, nós decidimos, juntamente com o poder legislativo, mudar o horário. Com essa alteração, esperamos que a sociedade participe mais”, comentou o controlador.
(Londrina, 18 de fevereiro de 2010)
 
Prefeito cumpre agenda oficial em Mumbai na Índia
Qua, 17 de Fevereiro de 2010 00:45
Barbosa Neto está se reunindo com autoridades, representantes de entidades não-governamentais e empresas que podem oferecer condições de negócios para o crescimento e o progresso de Londrina


O prefeito de Londrina, Barbosa Neto, está cumprindo agenda oficial em Mumbai, capital financeira da Índia, no continente asiático, em companhia do presidente do Instituto de Desenvolvimento (Codel), Kentaro Takahara. Ele viajou no último dia 13 e o retorno está previsto para sexta-feira (dia 19). Na programação, o prefeito terá contatos com autoridades, representantes de entidades não-governamentais, empresas e segmentos para projetos de crescimento e o progresso de Londrina. “São ações voltadas ao  desenvolvimento social e econômico da cidade. Estamos em busca de emprego e renda para o londrinense”, afirmou o prefeito. Esta é a quarta viagem internacional do prefeito Barbosa Neto. O prefeito já esteve em missão econômica e política na Europa em junho/julho, quando visitou Portugal, Alemanha e Itália. Um dos resultados foi a celebração do acordo para exportação de carne bovina (abate de mil cabeças por semana) para uma das maiores cooperativas da Europa. Também, foi resultado da visita, a participação do diretor do Democenter e Universidade de Modena, Paolo Onesti, e representantes da Alemanha no Seminário Internacional “Crescimento Econômico e Desenvolvimento Sustentável”, realizado em dezembro em Londrina. Em setembro, participou da  37ª Missão Econômica do Estado do Paraná ao Japão. Como resultado desta viagem, em janeiro, a Japan International Cooperation Agency (JICA) aprovou a solicitação de cooperação técnica feita pelo prefeito Barbosa Neto, no valor de US$ 160 mil dólares para a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPr), campus Londrina, e  para o Instituto EcoMetrópole desenvolverem programa de medidas preventivas contra a poluição da água dos rios da cidade. Em novembro, no México, prefeito de Londrina, Barbosa Neto, recebeu o prêmio “Del Água America Latina y El Caribe” pelo trabalho realizado pelos trabalhadores da reciclagem durante o I Congresso de Desenvolvimento Internacional da Água, realizado na capital mexicana. Londrina concorreu com experiências de outros 57 países.
(Londrina, 17 de fevereiro de 2010)
 
Regularização de vans escolares termina fim do mês
Ter, 16 de Fevereiro de 2010 23:35
Prazo para vistoria já foi estendido em um mês; a partir do dia 1º de março, vans que estiverem em situação irregular poderão ser multadas e cassadas


A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) informou que o prazo para regularização das vans escolares está encerrando. O prazo inicial para realizar a vistoria era 29 de janeiro, e foi estendido até o último dia útil de fevereiro  (dia 26). As vans em situação irregular estão sendo notificadas pela CMTU, e têm 48 horas para se apresentarem. Caso não se apresentem no prazo, os proprietários estão sujeitos a multas. A partir do dia 1º de março, as vans que estiverem irregulares estarão sujeitas a cassação.  De acordo com o técnico administrativo da CMTU, José Carlos da Silva, cerca de 80 vans, das 102 cadastradas pelo órgão, já foram vistoriadas. “Estamos tentando de todas as maneiras fazer com que os proprietários venham realizar a vistoria, para não ser necessário adotar medidas mais extremas, como as multas e a cassação”, declarou. A taxa cobrada pelo serviço é de R$ 199,68, incluindo a vistoria, a carteirinha de identificação e a licença. Táxis e mototáxis também devem ficar atentos para a regularização dos veículos. Os táxis são vistoriados de acordo com o ponto em que atuam, sendo ao todo 85 em Londrina. Os mototáxis devem realizar a vistoria de acordo com o número final da placa do veículo. Para os motoristas de táxis, a taxa total é de R$ 84,19 e para os mototaxistas, o valor fica em R$ 46,56.
(Londrina, 17 de fevereiro de 2010)
 
Ambiente divulga balanço de projetos protocolados
Qua, 17 de Fevereiro de 2010 00:59
A secretaria divulgou hoje (dia 17) o número de projetos protocolados para o Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil, realizados em oito dias úteis


A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMA) divulgou hoje (dia 17), os números levantados nos últimos oito dias úteis de projetos protocolados dentro das novas exigências para o Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil. Com o total de 181 inscritos neste período, o secretário municipal do Meio Ambiente, Carlos Levy, disse que tais números demonstram que o setor está se adaptando bem às novas regras, de maneira que espera ter uma considerável diminuição no descarte irregular de resíduos na cidade. Os projetos têm demorado em média 48 horas para serem aprovados. A implantação da exigência de projetos para o gerenciamento do resíduo das construções civis, para o protocolo de pedidos de alvará de construção no município, foi decretada em 30 de setembro de 2009 pelo prefeito de Londrina, Barbosa Neto, e entrou em vigor no dia 4 de janeiro deste ano, de acordo com a lei federal 11.445/08 (Lei de Saneamento), lei estadual 12.493/99 (Lei Estadual de Resíduos Sólidos), Resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) 307/2002, que classifica e estabelece normas para a gestão de resíduos da construção civil, especificamente em Londrina, em razão do Decreto Municipal 768/09.
Segundo o secretário, o Clube de Engenharia e Arquitetura de Londrina (CEAL) e o Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sindiscon) manifestaram uma série de dúvidas a respeito do novo procedimento. “Devido às solicitações, foram realizadas reuniões para melhorar os formulários de protocolo dos projetos, com empenho dos funcionários da Sema, da Secretaria de Obras e do Instituto de Planejamento, Pesquisa e Urbanização de Londrina (Ippul)”, explicou. Os formulários desenvolvidos estão disponíveis no site WWW.londrina.pr.gov.br, no link da secretaria. Eles são autoexplicativos, o que facilita o trabalho dos profissionais e dos proprietários, que desejam iniciar novas obras de construções, reformas ou demolições em Londrina, dentro das novas normas adotadas na cidade.
3R’s O secretário do Meio Ambiente, Carlos Levy, falou a respeito da busca de soluções para diminuir o excesso de lixo dentro dos 3R’s: reduzir, reutilizar e reciclar. Essas ações diminuem o impacto do lixo sobre o meio ambiente e são alternativas para subtrair a quantidade de resíduos produzidos, logo, o preço pago pelo descarte destes resíduos pelos grandes geradores fica mais barato. “A cada dia, novas iniciativas passam a fazer parte do dia a dia da construção civil, garantindo melhor qualidade de vida às pessoas”, salientou.
(Londrina, 17 de fevereiro de 2010)
 
Viveiro municipal ajuda na recuperação de matas
Qua, 17 de Fevereiro de 2010 00:08
Tempo instável  tem retardado coleta de sementes, enxertia, plantio e jardinagem, que estão entre as atividades que os agrônomos têm de realizar no viveiro


O Viveiro Municipal de Londrina está superando o mau tempo para a realização de diversas tarefas. Por exemplo, foram coletadas sementes de oiti nos fragmentos arbóreos do município de Londrina. Também, estava nos planos a coleta de sementes de Alecrim-de-campinas, mas, como a árvore só é encontrada nas matas da cidade, o trabalho foi atrasado pelas chuvas constantes dos últimos dias. Outro tópico que está na lista dos agrônomos do Viveiro, mas tem sido atrapalhado pelas chuvas, é a jardinagem do canteiro central da Rodoviária de Londrina. O espaço deverá abrigar uma Academia ao ar Livre. A jardinagem deveria ter sido feita na semana passada, com o plantio de lírios hemerocallis. De acordo com o agrônomo do Viveiro, Paulo Guilherme, a previsão é de que o serviço seja pelo menos iniciado nesta semana.
Alguns trabalhos internos do Viveiro também terão continuidade esta semana. Pretende-se realizar a enxertia de 1000 mudas de Bahuinia-híbrida em patas-de-vaca, para fins de arborização urbana. “A flor da Bauhinia é mais vistosa, as pessoas costumam gostar mais”, comentou Paulo Guilherme. Por fim, o Viveiro Municipal tem prontas 2.000 mudas de espécies nativas, para que os agricultores de Londrina realizem a recuperação de matas ciliares na região. Segundo o agrônomo, os agricultores é que solicitam as mudas, e o Viveiro as disponibiliza. “Quando são poucas mudas, os agricultores costumam vir aqui no Viveiro solicitar. Quando o pedido é maior, o encaminhamento é feito pela Secretaria de Agricultura”, explicou. Os agricultores que quiserem obter mudas para replantio das matas devem ainda preencher o formulário do Instituto Ambiental do Paraná (IAP). Para os interessados, a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento funciona na Avenida Duque de Caxias, 635.
(Londrina, 17 de fevereiro de 2010)
 
Agência do Trabalhador oferece 283 vagas para quinta-feira
Ter, 16 de Fevereiro de 2010 23:26
Interessados devem procurar a Agência do Trabalhador na Rua Guaporé, nº 272 ou no Terminal Urbano, ambos na região central


A Agência do Trabalhador de Londrina do Sistema Nacional do Emprego (Sine) divulgou algumas das vagas de trabalho disponíveis no município para quinta-feira (dia 18). No total, o Sine dispõe de 283 oportunidades para 26 diferentes ocupações. Sem exigência de escolaridade e sem experiência, há três vagas para auxiliar de costura. Com seis meses de experiência, há 25 vagas para ajudante de motorista, 40 para costureira, 16 para motorista entregador e três para enfestador de roupas. Com o primeiro grau incompleto e sem  experiência, são 31 vagas para auxiliar de serviços gerais. Com seis meses de experiência, há dez vagas para encanador. Primeiro grau completo e sem experiência, há 15 vagas para empacotador e 35 para auxiliar de produção. Com seis meses de experiência, há 20 vagas para servente de pedreiro, 20 para pedreiro, 30 vagas para carpinteiro, três para auxiliar de corte em confecção, seis para auxiliar de cozinha, três para serralheiro e seis para lavador de automóveis. Com o segundo grau completo e sem experiência, há cinco vagas para motoboy. Com seis meses de experiência, são cinco vagas para manobrista, três para vendedor interno e duas para recepcionista. Pessoas com deficiência Das vagas divulgadas, 32 são para pessoas com deficiência. Com o segundo grau incompleto e nenhuma experiência, são 13 vagas para auxiliar administrativo. Segundo grau completo e seis meses de experiência, seis vagas para vigia noturno. Com o ensino superior completo e seis meses de experiência, uma vaga para professor de ensino de pré-escola, dez para professor de ensino fundamental, uma para arte finalista e uma para secretária. Serviço Os interessados devem procurar a Agência do Trabalhador na Rua Guaporé nº 272 (centro) ou no Terminal Urbano, com a carteira de trabalho e documentos pessoais. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O atendimento a pessoas com deficiência é realizado somente na agência da Rua Guaporé, 272.
(Londrina, 17 de fevereiro de 2010)
 


Página 1116 de 1407

Acesso Fácil

Núcleo de Comunicação

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 2427 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner