Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Projovem apresenta resultados do plano de Ação Comunitária

Share
Cerca de 300 estudantes se envolveram em projetos de participação cidadã; resultados serão apresentados no auditório da AFML


O trabalho de mais de um ano no módulo de participação cidadã do Projovem gerou diversas melhorias para as comunidades de Londrina. Cerca de 300 alunos estiveram envolvidos em projetos sociais, desenvolvidos em parceria com os moradores da região das escolas, exercitando o diálogo, o protagonismo juvenil e o trabalho coletivo entre os jovens.

No total, 15 ações foram desenvolvidas nas escolas que têm o Projovem. O módulo de participação cidadã incentivou os alunos, desde o início do ano passado, a promoverem levantamentos, junto à comunidade, sobre os principais problemas sociais do local, e, em parceria com os moradores, buscarem soluções, ampliarem as discussões sobre o tema e alcançarem resultados.

A gerente de ensino fundamental da Secretaria de Educação, Neri Barroso Cavalcanti, explicou o principal objetivo do módulo é a discussão promovida, e não o resultado. “Em diversas das ações, o que valeu foi o amadurecimento desses jovens, as discussões que eles promoveram com a comunidade, os conhecimentos que repassaram”, avaliou.

Entre as ações desenvolvidas, está a reforma de uma creche; conscientização sobre a violência contra a mulher e a violência no trânsito; uma blitz educativa, que será realizada em parceria com a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) na avenida Dez de Dezembro; promoção do dia da família na escola; desenvolvimento de diálogos entre profissionais de saúde e comunidade atendida de uma Unidade Básica de Saúde; auxílio para a construção de uma academia ao ar livre; colaboração ao centro de apoio e recuperação a vida; reivindicação de uma escola de ensino médio; e a produção de uma peça de teatro abordando o atendimento de saúde.

Neri Cavalcanti destacou o envolvimento dos jovens como o ponto alto das ações comunitárias. “Nas Unidades Básicas de Saúde, por exemplo, os alunos conversaram com a comunidade, e fizeram questionamentos sobre a demora nas filas, os direitos e deveres dos cidadãos, o relacionamento entre o profissional e o paciente, uma série de discussões sobre cidadania”, comentou a gerente.

Na quinta-feira (11), os alunos vão apresentar os resultados alcançados ao longo do tempo em que desenvolveram o módulo. A apresentação começa  19h, no auditório da Associação de Funcionários Municipais de Londrina (AFML), que fica na rua dos Funcionários, 363.

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 2428 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner