Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Share
O Canal Educativo Municipal (CEM) tem por objetivo contribuir para o crescimento cultural dos alunos da Rede Municipal de Ensino, por meio de materiais produzidos pela Secretaria de Educação e pelas Escolas da Rede, integrando não só professores e alunos, mas toda a comunidade.

 

Históricoalt A Prefeitura de Londrina, representada pela Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a Sercomtel e a Net/Londrina, inaugurou em 1995 o Canal Educativo Municipal (CEM) – uma TV, via cabo, sem fins lucrativos – amparado pela Lei Federal 8.977/95 do serviço de TV a cabo e Lei Municipal 6.010/94, regulamentada pelo Decreto Municipal 332/95.

Em seu quarto mês de funcionamento, o CEM passou a atender algumas escolas estaduais e inaugurou o primeiro Telecursinho à distância do país, numa iniciativa pioneira da Secretaria Municipal de Educação, Núcleo Regional de Ensino, Net/Londrina e Lojas Pernambucanas.

Com a implantação da TV Escola (projeto do MEC) na Rede Municipal de Ensino, em 1996, a coordenação dos trabalhos relativos ao desenvolvimento desse projeto ficou sob a responsabilidade da equipe do CEM. No mesmo período, ficou também a cargo do CEM a divulgação, a recepção e o encaminhamento ao MEC das avaliações da TV Executiva. Os programas veiculados, quase em sua totalidade, foram cedidos pela Fundação Padre Anchieta. A grade de programação era composta também por programas cedidos pela Fundação Mokiti Okada, TV Escola, Emater/Paraná e Bonneville Communications, além das produções próprias.

A equipe também efetivou parceria com a Universidade Estadual de Londrina – CECA, por meio da professora especialista em TV a Cabo, Neuza Maria Amaral, que acompanhou e orientou o início dos trabalhos da equipe do CEM; parceria com a Embrapa/Soja e Emater/Paraná que cedeu funcionários para um assessoramento nas produções de projetos piloto e parceria com a PBW Finalizadora, cujo proprietário, William Barbini, muito auxiliou na produção do conhecimento da equipe.

O CEM funcionava diariamente das 7h30min às 21h30min, no canal 16 da NET/Londrina e, para definir a grade de programação, tomava-se por base critérios como: formato, duração e conteúdo educativo/cultural, faixa etária do público, horário de funcionamento das escolas e os Parâmetros Curriculares Nacionais.

Para a divulgação da sua programação e buscando conscientizar os educadores e alunos da Rede Municipal para a importância do trabalho com a mídia televisiva na escola, a equipe do CEM organizou uma produção gráfica composta de guia de programação, apostilas de atividades, revista e suplemento infantil. Atuava também em grupos de estudo e práticas pedagógicas nas escolas.

Por falta de investimentos, em 2001, passou a retransmitir apenas a TV Cultura e a TV Educativa do Paraná. Entretanto, como as condições técnicas dessa retransmissão foram perdendo sua qualidade, as atividades foram totalmente suspensas em 2004 e a equipe, em sua maioria, foi transferida para o Núcleo de Audiovisual da Secretaria Municipal de Educação. Atualmente, o Canal Educativo Municipal está situado no prédio Secretaria Municipal de Educação.

É veiculado via-web, hospedado no Portal da Prefeitura Municipal de Londrina, atendendo à toda comunidade escolar municipal, haja vista que todas as unidades escolares possuem conexão de internet e computadores para uso dos alunos (ora na biblioteca, ora no laboratório de informática).

rodape_canal_educativo

Acesso Fácil

Educação

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 3077 visitantes
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner