Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Imagens de satélite auxiliam gestão de áreas rurais

Share

rural

Serviço gratuito do Google permite o acompanhamento e a intervenção no uso e ocupação do solo do município

A empresa Google colocou à disposição do público, nesta semana, imagens de satélites atualizadas de cerca de 50% da extensão da área rural de Londrina. Elas podem ser vistas pelos programas Google Earth e Google Maps.
As imagens de alta definição foram feitas ao longo deste ano e suprem uma deficiência do município, pois, embora existissem imagens de grande parte da área rural, elas foram feitas entre os anos de 2004 e 2006.
A ferramenta do Google é utilizada pelo programa Ecometrópole, executado em parceria com a Prefeitura de Londrina. De acordo com João Batista Moreira Souza, um dos articuladores do programa, o recurso é uma ferramenta de gestão. As imagens permitem o acompanhamento e a intervenção no uso e ocupação do solo do município e no estudo da produção agrícola. 
Além disso, a disposição das imagens na rede contribui para a promoção do ecoturismo, planejamento e conservação de estradas rurais, fiscalização de matas ciliares e reservas legais, realização de negócios e observação de parte do território rural.
“O serviço permite demarcar estradas, revisar quilometragens e também estudar a evolução da região rural de Londrina, por meio de comparativos de imagens atuais com outras mais antigas”, observou o gerente de Produção Agropecuária da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, Osvaldo Campos Júnior.

O gerente afirmou que, futuramente, será possível também mapear as propriedades rurais existentes, o tipo de produção praticada e cadastrar os produtores rurais, com base nas imagens de satélite do Google. “É uma ferramenta que facilita os estudos de intervenção da secretaria”, avaliou.

Para otimizar os benefícios do programa, João Batista Moreira Souza  vai ministrar oito horas de curso aos técnicos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, ensinando-os a utilizar, de maneira eficiente, as ferramentas. As aulas devem ocorrer nos dias 6 e 13 de agosto, no período da manhã.

Para a secretária municipal de Agricultura, Marisol Chiesa, o bom uso do programa de imagens via satélite viabiliza o reconhecimento do espaço londrinense. “O programa vai auxiliar bastante os trabalhos desenvolvidos pela secretaria”, pontuou. Marisol lembrou que, devido à gratuidade, o serviço também traz economia aos cofres municipais.

Muitos distritos e patrimônios de Londrina ainda não dispunham de imagens de alta resolução, que agora serão utilizadas em parcerias, visando ao desenvolvimento e à arborização, por exemplo. Já existem imagens de satélite dos patrimônios Regina, Selva e Taquaruna e dos distritos de São Luís, Guaravera, Irerê, Paiquerê e Maravilha.

Para visualizar as imagens, via satélite de Londrina, basta acessar o link http://sites.google.com/site/ecometropole/google-earth-maps-1. A marcação em azul delimita o território do município de Londrina. A marcação em vermelho determina as áreas que já dispõem de imagens em alta resolução.

Foto ilustrativa: Luiz Jacobs

Anterior Próximo Pagina:

Sine oferece 885 vagas de emprego

N.com - avatar N.com 17 Abr 2014

Categoria: Destaques

Restaurante Popular

N.com - avatar N.com 17 Abr 2014

Categoria: Agricultura

Nota Oficial

N.com - avatar N.com 16 Abr 2014

Categoria: Obras

Rua Sergipe para os pedestres

N.com - avatar N.com 11 Abr 2014

Categoria: Destaques

Saúde divulga o 2º LIRAa de 2014

N.Com - avatar N.Com 11 Abr 2014

Categoria: Saúde

Kireeff prestigia expositores

N.com - avatar N.com 10 Abr 2014

Categoria: Destaques

Acesso Fácil

Núcleo de Comunicação

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 2300 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner