Banner
   
Tamanho Texto

Busca

SIATE

Share

siateSIATE - Sistema Integrado de Atendimento ao Trauma e Emergência, está disponível em sete cidades do Paraná: Londrina, São José dos Pinhais, Curitiba, Maringá, Cascavel, Foz do Iguaçu e Ponta Grossa, cidades com mais de 150 mil habitantes. O serviço foi implantado primeiro em Curitiba, em 1990, e a partir de 1995 foi estendido aos outros seis municípios.

O SIATE é resultado da ação da Secretaria de Estado da Saúde, da Secretaria de Estado de Segurança Pública, através do Corpo de Bombeiros, e da Prefeitura de Londrina, através da Secretaria Municipal de saúde.

O serviço é administrado pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Diretoria de Serviços Especiais em conjunto com o Corpo de Bombeiros e atende, além de incêndios, a salvamentos de pessoas na terra e na água, acidentes de trânsito com vítimas e casos de calamidade pública. A sede do Siate fica na rua Jaguaribe, 473, Vila Nova.

O SIATE atendeu em 2005 um total de 6.093 ocorrências; 4.115 de acidentes em meios de transporte e 1.979 de atendimento pré-hospitalar, conforme relatório transmitido por Sérgio Canavese.  Entre os acidentes em meios de transporte o ranking é liderado pela colisão entre automóvel e motocicleta, com 1.101 casos, seguido das ocorrências de acidentes envolvendo atropelamento, com um total de 502 atendimentos. Em terceiro lugar estão as colisão entre automóveis, com 289 atendimentos; quarto lugar estão os casos de colisão entre automóvel e bicicleta, que contabilizam 254 atendimentos e, em quinto lugar, estão os atendimentos de choque, ou seja, colisão contra o anteparo, com 225 casos.

Ainda, segundo dados apresentados no relatório, os demais acidentes envolvendo meios de transporte, totalizam 1.744 atendimentos e as ocorrências registradas são de capotamento, colisão entre bicicletas, colisão entre caminhão e automóvel, caminhão e bicicleta, caminhões, moto e caminhão, moto e bicicleta, motos, ônibus e automóvel, ônibus e bicicleta, ônibus e moto, ônibus e caminhão, queda de bicicleta e colisões diversas.

Em relação aos atendimentos pré-hospitalares (1.979), em primeiro lugar, estão as ocorrências de queda de pessoa do mesmo nível, com 509 atendimentos; em seguida, os casos de queda de pessoa de plano elevado, com 424 ocorrências; e em terceiro lugar, os atendimentos por agressão, que contabilizaram 319 casos; depois os atendimentos por ferimento de arma de fogo, com 270 casos, e em quinto lugar, foram atendidas 149 ocorrências por problema clínico.

Os demais atendimentos pré-hospitalares somaram 727 casos, distribuídos em acidentes com corpo estranho, acidente envolvendo máquina, acidente térmico (radiação, química, temperatura), atendimento a gestante, choque elétrico, ferimento por arma branca, ferimento por objeto cortante, intoxicação e/ou envenenamento, lesão física, obstrução de vias respiratórias e transporte.

O SIATE e o SAMU, trabalham de forma integrada. Quando a demanda de um ultrapassa a capacidade de atendimento o outro entra com auxilio.

 

Fonte: Núcleo de Comunicação de Londrina / janeiro de 2006.


Acesso Fácil

Saúde

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 2963 visitantes

Servidor Municipal


Redes Sociais

Logo do Facebook  Logo do Flickr  Logo do Youtube  Logo do Twitter  icon instagran

 

 

ouvidoria rodape lon

 acesso a informacao rodape

icon interacao