Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Feirão da Resistência oferece orgânicos e programação especial neste sábado (8)

Share

Atividades incluem apresentações musicais e circenses, rodas de capoeira e de samba; feira de orgânicos e produções artesanais vai das 9h às 17h

feirao.resistencia.DPSomando às comemorações pelos 84 anos do aniversário de Londrina, neste sábado (8), acontece mais uma edição do  Feirão da Resistência e da Reforma Agrária no Canto do Movimento dos Artistas de Rua de Londrina (Marl).  O evento será das 9h às 17h, é gratuito e aberto a toda a comunidade, na Avenida Duque de Caxias, 3.241.

Esta é a segunda edição do Feirão com apoio do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic), já que a iniciativa foi uma das selecionadas pelo edital nº 002/2018 para o desenvolvimento de projetos independentes na área de cultura integrada e popular. Na data, o evento vai oferecer uma programação especial que inclui apresentações musicais e circenses, rodas de capoeira e de samba, além da tradicional feira de orgânicos e produções artesanais que estimula a economia criativa da cidade ao reunir diversos segmentos da arte e da cultura local.

Durante todo o dia, haverá a feira com alimentos de qualidade, saudáveis e com preço justo. São legumes, verduras, frutas, compotas, cachaça orgânica, sementes e mudas de plantas diversas. Estarão disponíveis para a venda também outros produtos como livros e camisetas.

A programação cultural tem início às 10h com a oficina “Reverberações Corpóreas Trans - A Construção do Corpo extra cotidiano, para a Rua e para a Sala” com a atriz Melissa Campus. Interessados podem participar gratuitamente, sem necessidade de experiência prévia com artes cênicas, demonstrando interesse pela página do Feirão no Facebook, disponível no endereço facebook.com/movimentodosartistasderua.londrina/.
 
Às 11h, haverá o espetáculo de comédia circense “Mequetrefe Circo Show” com classificação indicativa livre e com coordenação do artista Gustavo Bertin. A comédia apresenta uma sequência de trapalhadas com o palhaço que tenta fazer bonito no show, como números de mágica, chicote, monociclo e malabarismo.

No período da tarde, ao meio dia, é a hora da apresentação da Roda de Capoeira Angola do grupo Ceca Londrina. Já às 13h, a dança do Grupo cultural Kaingang “Donos do Mato” da Aldeia Água Branca envolve o público. Na sequência, às 14h30, o Coletivo Quimera de teatro e circo apresenta o espetáculo “Estátuas Vivas”.

Encerrando o dia de atividades com música, a roda "Samba Origem" de apresenta às 15h30 no Canto do Marl. O repertório inclui clássicos do samba popular, como Jorge Aragão, Arlindo Cruz, Fundo de quintal, Dona Ivone Lara. O grupo tem dois anos de carreira, se apresentando semanalmente em bares, vilas e festas em Londrina e cidades vizinhas, como Cambé e Ibiporã.

Ao longo de todo o dia, os presentes poderão visitar a exposição audiovisual “Lugar de Vivências”. O trabalho é do Grupo de Trabalho em Comunicação e a Escola Popular de Fotografia e Cinema. O estudo procura compor uma memória coletiva a partir de relatos de pessoas que tiveram contato com a atual sede do Marl desde sua construção até hoje.

 

Foto: Divulgação

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 478 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner

Servidor Municipal


Redes Sociais

Logo do Facebook  Logo do Flickr  Logo do Youtube  Logo do Twitter  icon instagran

 

 

ouvidoria rodape lon

 acesso a informacao rodape

icon interacao