Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Conselho de Assistência Social realiza audiência pública nesta terça (18)

Share

Evento vai expor trabalho desenvolvido pela rede socioassistencial do Município e propor medidas frente aos desafios atuais

O Conselho Municipal de Assistência Social de Londrina (CMAS) promove na próxima terça-feira (18) a IV Audiência Pública Anual, evento que pretende reunir 350 pessoas. São convidados a participar secretarias municipais, instituições e organizações da sociedade civil que tenham contato com a assistência social para a conversa, que será às 13h30, no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), localizado na Rua Governador Parigot de Souza, 311, Jardim Caiçaras.

O objetivo da audiência é apresentar para a rede socioassistencial, formado pelas unidades governamentais e pelas organizações da sociedade civil inscritas no CMAS, programas, serviços, projetos e benefícios no âmbito da política de assistência social de Londrina. O evento visa também promover a troca de experiências que possam contribuir na qualificação e fortalecimento da rede de proteção e do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

De acordo com a presidente do Conselho, Neusa Harumi Tiba, a presença desses colaboradores é indispensável. “Esperamos que as pessoas e instituições convidadas possam participar efetivamente, já que a audiência não é focada apenas na assistência social, mas em toda a população londrinense que depende dos serviços e das políticas públicas”, expôs.

Durante a cerimônia de abertura, os presentes assistirão a duas apresentações feitas por crianças e adolescentes atendidos pelo projeto Guarda Mirim e pelo Centro Social Marista Irmão Acácio. Em seguida, uma mesa composta por autoridades e servidores da Secretaria Municipal de Assistência Social buscará sensibilizar os participantes expondo o trabalho desenvolvido pela rede de serviços socioassistenciais no Município, assim como as adversidades e desafios encontrados pelas unidades que a compõem.

Às 14h15, o professor convidado Henrique Gambaro ministra uma palestra sobre “A importância da atuação na perspectiva da intersetorialidade entre as políticas públicas e a rede prestadoras de serviços para resolutividade das questões sociais no município”, tema da Audiência. A proposta é tratar de iniciativas que alinhem estrategicamente as instituições na resolução de entraves que, segundo Neusa, só podem ser solucionados por meio da união.  “Apenas por meio de um trabalho coletivo, somando esforços, conhecimentos, experiências e nossas percepções sobre a situação do serviço no município, será possível resolver problemas como o de pessoas em situação de rua, o trabalho infantil e a violência”, afirmou.

Logo após, o público poderá participar de um debate com o palestrante e com autoridades e servidores presentes, fazendo perguntas e apontamentos. Além disso, uma urna estará disponível para aqueles que desejarem depositar questionamentos, propostas e sugestões que serão sistematizados posteriormente e embasar possíveis medidas.

A IV Audiência Pública Anual obedece à determinação nº 14 do Conselho Nacional de Assistência Social que, em 2014, estabeleceu como atribuição aos conselhos municipais a realização de audiências para as entidades e organização de assistência social, além da apresentação dos serviços e benefícios de assistência, o debate de questões relacionadas às políticas do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e a apresentação de soluções para problemas levantados.

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 3110 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner