Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Prefeito participa de reunião com representantes do assentamento Eli Vive

Share

reuniao.elivive.V2

Junto com secretários municipais, foram definidas ações para educação e saúde; reunião com o INCRA, na próxima terça-feira, irá discutir a situação das estradas

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, secretários municipais e o assessor especial para Assuntos Fundiários da Casa Civil do Estado do Paraná, Hamilton Serighelli se reuniram com representantes do assentamento Eli Vive I e II, na manhã desta quinta-feira (13), no auditório da Prefeitura.

reuniao.elivive.VPO encontro teve o objetivo de definir as reivindicações do movimento, que estava acampado desde ontem no paço municipal. O prefeito Marcelo Belinati se colocou à disposição do movimento e falou sobre a necessidade de adequar os projetos para a viabilização de recursos para o local.

Em relação à construção da escola municipal, representantes da Secretaria de Educação informaram que estão com o projeto pronto, terreno legalizado e aguardam recurso do governo federal por meio do Plano de Ações Articuladas (PAR), do Ministério da Educação. O próximo passo será uma agenda do prefeito com o ministro da Educação para tratar do assunto.

Sobre a contratação de professores para as escolas do campo, a Secretaria Municipal de Recursos Humanos já está finalizando o processo para efetivação da contratação até o primeiro semestre de 2019.

No tocante à saúde, a Secretaria irá realizar mutirões mensais no assentamento levando equipamentos, serviços e médicos pediatra, ginecologista e clínico geral para atendimento no local.

reuniao.elivive.V3O prefeito Marcelo Belinati ainda informou que nos próximos dias deve ser assinada a ordem de serviço para a reforma da UBS do distrito de Lerroville, que atende o assentamento.

Sobre as estradas rurais dentro do assentamento, ficou agendada uma reunião com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) na próxima terça-feira (18), às 14h, em Curitiba. O objetivo do encontro é definir o projeto e valores em relação à construção da estrada, visto que o recurso atual está previsto em R$ 3 milhões e a avaliação é que é insuficiente para realização do projeto todo. O prefeito disse que irá a Curitiba para participar da reunião com o INCRA. Após a reunião, representantes do movimento fizeram uma assembleia e decidiram voltar para o assentamento, desocupando o paço municipal.  

Também estiveram presentes na reunião, os secretários municipais de Agricultura, Alexandre Fujita; Obras, João Verçosa; Educação, Maria Tereza Paschoal de Moraes; Saúde, Felippe Machado; o chefe de gabinete do prefeito, Marcos Urbaneja; o diretor local da EMATER, Sérgio Luiz Carneiro e os vereadores Jairo Tamura e Estevão da Zona Sul.

Fotos: Vivian Honorato

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 2950 visitantes