Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Avenida Dez de Dezembro recebe primeiros serviços para construção de viaduto

Share

Avenida Dez de Dezembro recebe primeiros serviços para construção de viaduto

Trabalhos topográficos foram finalizados para a criação e asfaltamento de novos trechos da via, próximos à rotatória da Rodoviária

 

Os serviços iniciais para a obra de construção do viaduto na Avenida Dez de Dezembro, em Londrina, estão em fase de execução. Até o final desta semana, deve ser finalizada a instalação do canteiro de obras na rotatória localizada na área de cruzamento com a Avenida Leste-Oeste. O ponto montado será mantido pelas equipes da empresa vencedora da licitação e abrigará os equipamentos e materiais que serão utilizados na sequência dos trabalhos. O prazo total para conclusão da obra é de 15 meses a partir da ordem de serviço, recebida no final de agosto.

Avenida Dez de Dezembro recebe primeiros serviços para construção de viaduto Como parte das providências já tomadas até o momento, foi concluída a demarcação topográfica de um muro de contenção que será levantado para possibilitar a execução do alargamento da nova pista no sentido norte-sul da avenida, em trecho que passa em frente ao estacionamento do Terminal Rodoviário de Londrina. Outro ponto que já está demarcado para concretagem de muro de arrimo e extensão de pista fica no mesmo sentido, após a rotatória. Para promover o deslocamento dos trechos da via, e a pavimentação, também será necessário o remanejamento da rede elétrica e de telecomunicações.

Segundo o secretário municipal de Obras e Pavimentação, João Verçosa, as intervenções da fase inicial da obra são necessárias para que seja possível criar alternativas de tráfego e facilitar o fluxo de veículos nesta parte da avenida. “Com a execução dos novos trechos de pista, a ideia é fazer que a obra impacte minimamente nas condições de trânsito, garantindo espaço para passagem de automóveis e evitando, assim, que o trânsito naquela região seja totalmente interrompido quando o viaduto começar a ser erigido no local”, afirmou.

Nesse sentido, Verçosa ainda apontou que as adequações são indispensáveis para a realização da obra, que vai trazer melhorias no trânsito, reduzir os acidentes e trazer mais segurança a um ponto que hoje é problemático pelo grande movimento. “Portanto, é importante que as pessoas entendam que existirão alguns transtornos durante o período da construção, mas depois, a cidade como um todo será beneficiada”, completou.

O diretor de Edificações Públicas da SMOP, Fernando Tunouti, informou que dentro do planejamento traçado os primeiros trabalhos também incluem o deslocamento do monumento ‘O Passageiro’, que sairá da rotatória para uma das laterais da Dez de Dezembro. “Nessa mesma área também haverá intervenção para conectar e unificar as ruas Norman Prochet e Martiniano do Vale Filho, em uma passagem que se tornará um canal de acesso da área central para a região leste”, informou.

De acordo com dados do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (Ippul), no horário de pico, que inicia no final da tarde e segue até começo da noite, aproximadamente 16 mil veículos trafegam por hora, na rotatória da Avenida Dez de Dezembro, em todos os sentidos.

Paralelamente aos serviços que já estão em execução, a Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação, responsável pela fiscalização e acompanhamento das obras, vem fazendo reuniões e encontros técnicos junto à empresa contratada, secretarias e órgãos municipais e outros segmentos visando alinhar as definições relativas aos serviços nesta fase inicial, que deve ser finalizada até o final de 2018. Participam o Ippul, a Secretaria Municipal de Cultura, a Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), entre outros.

O viaduto sobre a Avenida Dez de Dezembro terá 275 metros de comprimento, incluindo os acessos. A área total de pavimentação será de 18.621,74 metros quadrados. No projeto, a estrutura conta com quatro pistas, sendo duas em cada direção, além das de passagem para pedestres.

Avenida Dez de Dezembro recebe primeiros serviços para construção de viaduto Projeto e investimento – As obras do viaduto da avenida abrangem ações para realizar interseção em desnível em concreto armado, estruturas de contenção, alças de acesso, remanejamento da rede de iluminação pública, pavimentação, sinalização viária e drenagem. Ao todo, o Município investirá o montante de R$ 17.651.553,75. O recurso é proveniente da Caixa Econômica Federal, por meio do PAC2 – Mobilidade Médias Cidades, e conta com contrapartida do Município.

Ao longo da execução, outras intervenções também serão feitas nas proximidades da Dez de Dezembro, incluindo a duplicação, interligação e alteração nas mãos em algumas ruas.
A obra também compõe o cronograma de intervenções previstas na cidade para o sistema de Transporte Urbano Superbus modelo BHLS (Bus with High Level of Service). A implantação do sistema BHLS de transporte público em Londrina pretende utilizar a infraestrutura de avenidas já existentes, em corredores dispostos nos principais eixos que cruzam a cidade.

Fotos: Vivian Honorato e Ilustrativa

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 3235 visitantes