Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Município tem nova gestora de promoção da igualdade racial

Share

Trabalhos estão voltados à organização da 6ª Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial, que deve acontecer no final do ano

 

fatima.beraldo.ARQUIVO.PA professora Maria de Fátima Beraldo é a nova gestora municipal de Promoção da Igualdade Racial de Londrina. Após a entrega de uma lista tríplice com indicações de nomes para a função, organizada pelo Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial (CMPIR), o prefeito Marcelo Belinati a nomeou para o cargo. A portaria com a publicação é de 14 de maio deste ano.

Esta é a segunda vez que a servidora municipal da Secretaria de Educação atua como gestora municipal de Promoção da Igualdade Racial. A primeira foi de 2009 a abril de 2013, quando também ocupou o cargo de coordenadora-geral de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Região Sul do Brasil, no Fórum Intergovernamental de Políticas de Igualdade Racial da Secretária de Políticas de Promoção de Igualdade Racial (FIPIR/SEPPIR).

Atualmente, a professora é vice-presidente do CMPIR e membro do Grupo de Trabalho de Combate ao Racismo (GTCR), coordenado pelo Ministério Público do Paraná (MP/PR) desde sua criação em março de 2012. Ela também integra o Laboratório de Cultura e Estudos Afro-Brasileiros (LEAFRO)  do Núcleo de Estudos Afro-Asiáticos da Universidade Estadual de Londrina  (NEAA/UEL) e o Observatório da Educação (OBEDUC/CAPES).

A intenção é dar continuidade aos trabalhos que já vinham sendo desenvolvidos por Sandra Rocha, que deixou a função por motivos pessoais. Agora, os esforços estão voltados para a organização da 6ª Conferência Municipal de Promoção da Igualdade Racial, que deve acontecer no final de outubro. Durante a conferência, serão eleitos os novos membros da sociedade civil para compor o conselho municipal. Após a realização da mesma, devem ter início os preparativos finais para a celebração de 20 de novembro, que marca o Dia da Consciência Negra no Brasil, juntamente com as demais instituições como o GTCR, LEAFRO e NEAA.  

Para Fátima, a Gestão de Promoção da Igualdade Racial tem um papel muito importante de articulação das políticas públicas específicas para a área, que envolvem todas as secretarias municipais, principalmente em ações voltadas para a Educação, Saúde e Segurança. “Segundo o levantamento do IBGE, em Londrina, temos cerca de 30% da população que se considera negra ou parda. Isso demonstra a importância da integração das ações e das discussões para inclusão de questões da população negra, que historicamente é discriminada”, disse a gestora.

Maria de Fátima Beraldo é graduada em Letras pela Universidade Estadual de Londrina, professora efetiva junto à Secretaria de Estado da Educação do Paraná e da Secretaria Municipal de Educação e é especialista em Administração, Supervisão e Orientação Educacional, pela Universidade Norte do Paraná.

 

Foto: Arquivo

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 3036 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner