Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Prefeitura realiza cadastramento de carroceiros no jardim Marabá

Share

Terceira etapa do mutirão ocorre nesta sexta-feira (16), das 9 às 17 horas,  no CRAS da região leste

Prefeitura realiza cadastramento de carroceiros no jardim MarabáA Prefeitura de Londrina realiza, nesta sexta-feira (16), a 3ª etapa de cadastramento dos carroceiros situados na área urbana do município. A ação será entre 9 e 17hors, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da região leste, localizado na Rua do Tamarino, nº 163, jardim Marabá.
Na oportunidade, os trabalhadores serão recepcionados por agentes da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) e representantes das secretarias de Saúde, do Ambiente (Sema), de Governo, Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda. Os servidores farão o levantamento socioeconômico dos presentes, bem como o registro das carroças e a resenha dos cavalos.

O objetivo é organizar um inventário dos profissionais atuantes na cidade para que a Prefeitura possa monitorá-los. Depois de concluído o cadastro, eles terão prazo de um ano para transferir os equinos à zona rural do município. Neste intervalo, serão encaminhados a programas de capacitação técnica e profissional, a fim de que obtenham uma recolocação no mercado de trabalho.

O agente Roney Moratto, designado para coordenar as atividades sob responsabilidade da CMTU, ressaltou que a prioridade do mutirão é a catalogação das pessoas que têm a função de carroceiro como fonte de renda. No entanto, é importante que os proprietários de animais de lazer também busquem atendimento e procurem se informar sobre a obrigação de encaminhar os bichos à zona rural.

A secretária do Ambiente de Londrina, Roberta Queiroz, avaliou que a iniciativa tem sido bem sucedida e que, a cada nova etapa, a adesão dos trabalhadores tem crescido mais. “O mutirão é um sucesso até agora. A cada nova edição, mais e mais carroceiros têm nos procurado. A tendência é que, na região leste, o êxito se repita”, disse.

Ela frisou que, segundo o Decreto nº 1.544, a Prefeitura já está apta a apreender e encaminhar para doação os bichos de lazer encontrados nas ruas. “A fiscalização já começou e, com exceção dos animais devidamente cadastrados junto ao Município, os cavalos localizados soltos em via pública serão capturados sem previsão de devolução”, destacou.

Publicado em janeiro para regulamentar a Lei Municipal n° 11.468, de 2011, o Decreto proíbe a criação, o trânsito e a manutenção de bichos de grande porte na área urbana de Londrina.
Até agora, depois de levar o mutirão para as regiões oeste e norte, o número de carroceiros cadastrados chegou a 40. Depois da zona leste será a vez da face sul da cidade receber a iniciativa.
Para passar pela catalogação, os interessados devem comparecer aos locais com o cavalo e a carroça de sua propriedade, além dos documentos pessoais (RG e CPF) e um comprovante de residência.

Foto: Divulgação/CMTU

Anterior Próximo Pagina:

Acesso Fácil

Núcleo de Comunicação

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 4761 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner