Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Prefeitura avança em recuperação da cratera do Jardim Santa Rita

Share

Obras no local estão em andamento desde fevereiro; já foi realizado e concluído o desvio da tubulação

A Prefeitura de Londrina realizou, na tarde desta sexta-feira (17), uma reunião para debater sobre a evolução dos trabalhos de recomposição da região da cratera localizada no Jardim Santa Rita, na região oeste de Londrina. Participaram do encontro representantes de secretarias municipais e órgãos locais que estão envolvidos nas atividades desenvolvidas naquela área, que fica próxima a pontos de nascentes do Ribeirão Quati.

As obras no local tiveram início no dia 21 de fevereiro, um dia após o Município ter recebido uma autorização da empresa Bratac para o uso de uma parte da propriedade, permitindo o acesso ao local para que os trabalhos necessários para conter a cratera pudessem começar.

ReuniaoBuracoLJPNeste período, a Secretaria Municipal de Obras e Pavimentação já realizou e concluiu o desvio da tubulação que antes descarregava diretamente na erosão, o que aumentava o volume de água e, cada vez mais, oferecia riscos de desabamento e acidentes aos moradores do entorno. “O desvio já foi finalizado, utilizando tubulações metálicas fornecidas pela Sanepar, e a água que caía na erosão agora está indo de forma mais segura para outro ponto da região. O próximo passo será iniciar o aterramento da cratera o mais rápido possível”, informou o secretário municipal de Obras e Pavimentação, Fernando Tunouti.

Para começar o trabalho de aterramento, a Secretaria de Obras já iniciou o carregamento de caminhões de terra, que foi cedida por um empreendimento que está sendo feito próximo ao local. “A terra já está acondicionada na região próxima à cratera e preparada para ser utilizada no processo de aterramento. Não é a quantidade total de terra que precisamos para cobrir todo o espaço, mas já será muito útil para que possamos iniciar essa etapa, o que deve acontecer a partir da próxima semana. Estamos aguardando autorizações e análises da Secretaria Municipal de Ambiente (Sema)”, disse o secretário.

Concomitantemente aos trabalhos de terraplanagem desenvolvidos pela Secretaria Municipal de Obras, a Sanepar também está atuando no local, fazendo o desvio do fluxo da rede de esgoto na região. A etapa de interligação das tubulações deve ser concluída dentro dos próximos dez dias.

Segundo o coordenador adjunto da Defesa Civil, Demerval Anderson, as atividades estão transcorrendo dentro da normalidade, após todos os moradores da região terem sido avisados e notificados sobre a situação de risco que o local apresenta. “Após a finalização do desvio de tubulação o risco de desmoronamento está mais controlado. Agora haverá a recomposição da cratera, com projeto de captação de drenagem pluvial sendo desenvolvido pela Secretaria de Obras. A população da região pode contar com a Defesa Civil para qualquer necessidade que estiver ao nosso alcance”, afirmou.

Esta foi a terceira reunião para tratar do assunto neste ano. Entre os presentes no encontro, estavam a secretária municipal de Ambiente, Roberta Queiroz; o coronel Luiz Carlos Deliberador, representando o secretário de Defesa Social, Evaristo Kuceki; técnicos da Sanepar e o vereador Vilson Bittencourt. Uma nova reunião está marcada para o dia 12 de abril, na Prefeitura de Londrina.

 

Foto: Luiz Jacobs

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 2403 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner