Banner
   
Tamanho Texto

Busca

bnr topo mobilidade londrina

Superbus começa a funcionar em Londrina

Share

superbus.VP


Entra em operação a nova linha de ônibus 318 (Terminal Central/Av. Arthur Thomas), que será atendida pelo veículo articulado do Superbus; ônibus garantirão conforto, segurança, rapidez e acessibilidade à população

O prefeito Alexandre Kireeff participou, nesta sexta-feira (24), da solenidade de entrega dos primeiros veículos do projeto Superbus, no Museu de Arte de Londrina. Ao todo são oito veículos, dos quais dois ônibus especiais articulados e seis ônibus convencionais equipados e adequados para oferecer mais conforto e segurança aos passageiros.

Para o prefeito, essa é uma das etapas do projeto que está em andamento e gerará impacto e benefício direto à população. “É um serviço que mais de 80 mil pessoas  utilizam diariamente. Quando se consegue implementar aprimoramentos e qualificar um serviço público dessa natureza, evidentemente, gera-se melhoria na cidade. São veículos dos mais modernos que existem no país e com a mais alta tecnologia  aplicada. É o início de um processo de mudança de padrão da frota de ônibus de Londrina”, concluiu.

superbus.V3O lançamento dos ônibus dá continuidade ao processo de implantação do Sistema de Transporte Urbano do Município de Londrina, que inclui a realização de diversas obras estruturais para garantir que a população seja beneficiada, tendo à disposição serviços de qualidade. “Por meio do projeto Superbus, oferecemos uma estrutura adequada para atrair os usuários de outros modais de transporte. Para isso, o Município está trabalhando para promover melhorias, que incluem a implantação de abrigos modernos nos corredores de ônibus, um viaduto, piso asfáltico estruturado, além da ampliação e reforma de quatro terminais de integração”, apontou o assessor executivo para Projetos Estratégicos da Prefeitura, Carlos Alberto Geirinhas.

Para o presidente da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), José Carlos Bruno de Oliveira, superbus.V4trata-se de mais uma etapa da construção de uma política de mobilidade urbana inovadora e moderna. “A entrega dos primeiros carros Superbus é a materialização de um novo conceito de transporte coletivo, com mais qualidade, conforto e segurança para os clientes. Sem dúvida, um marco para Londrina que ainda testemunhará outros avanços, considerando a grandiosidade e a complexidade do sistema Superbus”, ressaltou.

Rotas do Superbus - Os veículos começam a circular pela cidade na tarde desta sexta-feira (24), em quatro linhas: 705 – Rápido/Acapulco; 803 – Vivi Xavier/Terminal Shopping Catuaí; e 801 – Terminal Vivi Xavier/Centro Cívico. Também entra em operação a nova linha de ônibus 318 - Terminal Central/Avenida Arthur Thomas, que já será atendida com um veículo articulado do Superbus.
 
A proposta é interligar as regiões central e sudoeste, em que o veículo percorrerá grande parte do trecho pelas faixas exclusivas, com tempo previsto de 25 minutos, totalizando 55 minutos a ida e a volta no percurso completo:  piso inferior - saída do Terminal Central pela av. Leste Oeste até a av. Rio Branco, subindo para a av. Tiradentes; conversão na av. Arthur Thomas até o final (entrada do Jd. Columbia) com contorno para retornar pela av. Arthur Thomas, fazendo o mesmo trajeto de volta ao terminal.

Nesse primeiro momento a linha Norte/Sul fará a região do Cinco Conjuntos, Acapulco, passando pela Av. Dez de Dezembro e a linha Leste/Oeste começa na região do Terminal e se estende até o final da Av. Arthur Thomas. Os outros ônibus servirão à rede estrutural alimentadora das redes maiores.
 
O presidente da CMTU explicou que a ideia é que os ônibus comecem atendendo duas linhas estruturais (Norte/Sul e Leste/Oeste), especialmente com os articulados, e linhas alimentadoras e estruturais com os menores. “A partir do momento em que vamos testando a fluência do sistema, a utilização da população, vamos, ao mesmo tempo, planejando aquilo que vai acontecer no ano que vem, por exemplo, vamos definir quantos carros precisaremos e quais linhas terão que ser abertas”, disse.

superbus.V2Modernos e seguros- Dos oito ônibus do Superbus que serão apresentados, dois são articulados, com piso alto e 19 metros de comprimento. Os outros seis são veículos convencionais, com 13,2 metros de comprimento. Todos os carros são adaptados com acessibilidade para pessoas com deficiência e equipados para oferecer mais conforto e segurança aos usuários. Ou seja, a população terá um serviço de transporte público mais moderno sem nenhum aumento na tarifa.

Todos os ônibus possuem suspensão a ar, Wi-Fi grátis, ar condicionado, monitor de TV 14 polegadas para informativos aos usuários, bancos com estofado e encosto para a cabeça, retrovisores elétricos, banco do motorista com volante ajustável em altura e profundidade. O motor, que fica na parte traseira, é considerado um dos menos poluentes do mundo, diminuindo consideravelmente o barulho para os passageiros. Os veículos estão 100% dentro das normas de acessibilidade, com elevadores e capacidade para transportar, simultaneamente, dois cadeirantes.

O Superbus ainda conta com câmbio automático, diminuindo os “trancos” nas saídas e trocas de marcha. Além disso, são rastreados e monitorados 24 horas via satélite e possuem cinco câmeras internas que transmitem as imagens em tempo real para o motorista, gravando tudo o que acontece dentro e fora do ônibus. Os motoristas receberam treinamento especial para conduzir o Superbus.

Atualmente, Londrina conta com 432 veículos do transporte coletivo, atendendo o perímetro urbano e também os distritos. Cerca de 80 mil usuários são atendidos, diariamente.

Obras estruturais - Através do PAC 2 - Mobilidade Médias Cidades, serão investidos, ao todo, R$143.705.100,00 na primeira fase do novo sistema de transporte urbano de Londrina. Deste total, R$ 124.705.100,00 são provenientes do governo federal e R$ 19 milhões serão investidos como contrapartida pela Prefeitura.

As obras que integram a Fase 1 incluem a readequação dos abrigos dos corredores de ônibus. O prefeito Alexandre Kireeff assinou, no último dia 7, ordem de serviço para a fabricação e implantação dos abrigos do Superbus. Ao todo, serão 139 módulos que formarão 85 paradas de ônibus, que servirão para atender os ônibus especiais do SuperBus e os convencionais.


Também estão previstas obras para reforço e melhoria dos pisos, um viaduto, sistema inteligente de trânsito, ampliação da rede cicloviária com criação de 14,86 km de ciclovias e reforma e ampliação dos terminais de integração do Ouro Verde, Acapulco, Vivi Xavier e Milton Gavetti. O início das obras está previsto para o segundo semestre de 2016.


Estiveram presentes também à solenidade o gerente da Grande Londrina, Gildamo de Mendonça; o gerente-geral da Londrisul, Marildo Lopes; o representante da Marco Polo, Ivo Rocco; representante da Robeiro-Volvo, Carlos Ribeiro; o presidente do Sintrol, João Batista; o presidente da Abrasel e Londrina Convention, Arnaldo Falanca; o promotor de Justiça, Miguel Sogayar; o vice-prefeito, Guto Bellusci; os vereadores Rony Alves, Gaúcho Tamarrado, Vilson Bittencourt, Jamil Janene, Péricles Deliberador; o superintendente Regional da caixa Econômica Federal, Carlos Roberto Pereira; o representante da FIEP, Clóvis Coelho; a diretora de Desenvolvimento Urbano do WRI Brasil Cidades Sustentáveis, Nivea Operman e a coordenadora de cidades, Luiza Oliveira; a presidente da IPPUL, Ignes Dequech; o secretário municipal de Obras e Pavimentação, Walmir Matos; o secretário de Gestão Pública, Rogério Carlos Dias; o Chefe de Gabinete, George Danielides, e representantes dos deputados Cobra Repórter e Tiago Amaral.

superbus.V5Informações e algumas das principais melhorias no transporte coletivo em Londrina:

-Atualmente, Londrina conta com 432 veículos do transporte coletivo, atendendo o perímetro urbano e também os distritos;
-Cerca de 80 mil usuários são atendidos, diariamente;
- São 2,6 mil pontos de ônibus cobertos em Londrina;
-O TAC, no ano passado, pedia a cobertura de 200. Foram feitos 365 pontos. 300 cobertos e com bancos e 65 cobertos, com materiais reaproveitados pela CMTU (somente neste ano, foram quase 100 pontos trocados e mais de 80 revitalizados);
- Dos 2600, cerca de 100 pontos não têm cobertura (pontos totem). Porém, em alguns locais, não há como substituir por pontos cobertos, ou pelo tamanho da calçada, ou por estar nas proximidades de garagens ladeadas, ou ainda com árvores e lixeiras próximas, de forma que, trocar de lugar o mesmo, tem a desaprovação da população do entorno, dentre outros quesitos. Alguns exemplos: alça da Av. Dez de Dezembro com acesso à JK; Av. Celso Garcia Cid entre as ruas Mato Grosso e Souza Naves.

Avanços da atual gestão:

- 100% da rota adaptada para pessoas com deficiência;
- Inauguração do Terminal Oeste;
- Melhorias no Terminal Central;
-Implantação das linhas interbairros;
-Adoção da via exclusiva para o transporte coletivo na avenida Tiradentes, com menor tempo para as viagens;
- Linhas com ar condicionado;
- Conclusão do programa Passe Livre Estudantil, com isenção para mais de 11 mil alunos do ensino fundamental, médio, superior e cursos de educação profissional técnica de nível médio, ofertados pelo Senac e Senai. O benefício faz parte do planejamento de políticas públicas, em que o valor é 100% custeado pelo município (atualmente, mais de 16 mil cadastrados);
- Tarifa verde (das 8h30 às 11h30 e das 14h30 às 16h00);
-Lançamento da linha gratuita, 001 - Centro Livre, no quadrilátero central;
- Lançamento da linha InterClínicas,  rota que percorre postos de saúde, UPAs, UBSs, clínicas e hospitais;
- Nova linha interliga as zonas leste e norte, com redução no tempo das viagens;
- Instalação de 365 novos pontos de ônibus, cobertos (325 deles com bancos);
- Wi-Fi em 280 carros (61 linhas do transporte coletivo – as de maior número de usuários). Conexão 4 G. Entrou, conectou! (Rede aberta: buscar como Wi-Fi free);
Vantagens do uso do cartão transporte:
- Tempo/Agilidade;
- Segurança;
- Linha Centro Livre;
- Benefício da Tarifa Verde;
- Passe Livre Estudantil;
- Uso de mais de uma linha durante o intervalo de integração (no período de 1 hora).

Fotos: Vivian Honorato

 

Acesso Fácil

Mobilidade Londrina

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 1525 visitantes
Banner de contato com a Mobilidade Londrina

Enquete

Qual é seu principal meio de transporte?