Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Unidades de Saúde, escolas e CMEIs são garantidos em novo residencial

Share

Além das 1.218 moradias, no local  serão construídos uma UBS, uma escola municipal, uma escola estadual, três centros municipais de educação infantil, além de outro centro municipal de educação infantil na segunda fase

O prazo de entrega do empreendimento é de 18 meses após a contratação e destina-se às famílias cadastradas na CohabFoi assinado hoje(9) o contrato para realização do empreendimento Residencial Flores do Campo, do Programa Minha Casa Minha vida, voltado para famílias com renda entre 0 e 3 salários mínimos. Trata-se de uma ação da Prefeitura de Londrina, Caixa Econômica Federal e Governo de Estado.  A solenidade aconteceu no gabinete do prefeito, às 10h.  Serão construídas 1.218 unidades habitacionais, de 39 a 41metros quadrados, localizadas no novo prolongamento da avenida Saul Elkind, Gleba Primavera, sentido Ibiporã.

Durante a assinatura do contrato, o prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, destacou que a cidade tem 7.500 pessoas que necessitam de moradia. “Diante dessa necessidade nós estamos trabalhando para que todas essas pessoas tenham direito a sua casa própria. Essas 1.218 unidades já são um grande passo para alcançarmos nossa meta”, afirmou.

O presidente da Companhia de Habitação de Londrina (Cohab), José Roberto Hoffman, informou que o prazo de entrega do empreendimento é de 18 meses após a contratação e destina-se às famílias cadastradas na Companhia. Segundo ele, as prestações deverão ficar entre R$ 25,00 e R$ 80 reais, dependendo da renda familiar. Além disso, o Residencial também possui cota para pessoas com deficiência e idosos, de acordo com cada estatuto.

Durante a assinatura do contrato, o prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, destacou que a cidade tem 7.500 pessoas que necessitam de moradia. “Diante dessa necessidade nós estamos trabalhando para que todas essas pessoas tenham direito a sua casa própria. Essas 1.218 unidades já são um grande passo para alcançarmos nossa meta”, afirmou.De acordo com Hoffmann a segunda versão do Programa Minha Casa Minha Vida prevê a construção de unidades básicas de saúde, escolas e centros municipais de educação infantil, que são essenciais para a qualidade de vida das pessoas que vão receber o novo empreendimento. “Existe uma necessidade de se pensar nisso. Essa obra prevê a construção de uma UBS, uma escola municipal, uma escola estadual, três centros municipais de educação infantil, além de outro centro municipal de educação infantil na segunda fase. Isso irá contribuir para que os moradores tenham suas necessidades básicas atendidas.”

Hoffman informou ainda que o Governo do Estado também tem participação no empreendimento, com a destinação, através da Cohapar, de R$ 5.000,00 para cada unidade, valor composto por serviços da Sanepar ,Copel e isenção de ICMS dos materiais aplicados na obra. A Caixa Econômica Federal informou que o valor global do empreendimento é de R$ 82.846.417,74, dos quais R$ 77.952.000,00 são oriundos do fundo de arrendamento residencial, FAR, e R$ 4.894.417,74 provenientes do  Governo do Estado do Paraná, por meio da Cohapar.

Hoffman informou ainda que o Governo do Estado também tem participação no empreendimento, com a destinação, através da Cohapar, de R$ 5.000,00 para cada unidade, valor composto por serviços da Sanepar ,Copel e isenção de ICMS dos materiais aplicados na obra. A Caixa Econômica Federal informou que o valor global do empreendimento é de R$ 82.846.417,74, dos quais R$ 77.952.000,00 são oriundos do fundo de arrendamento residencial, FAR, e R$ 4.894.417,74 provenientes do  Governo do Estado do Paraná, por meio da Cohapar.A infraestrutura do loteamento será composta de redes de energia, iluminação pública, rede de água, rede de esgoto, drenagem de águas pluviais, pavimentação, passeio em concreto, meio-fio com sarjeta, arborização, muros de arrimo entre as casas, e muros de fechamento entre os lotes. Além disso, os moradores poderão desfrutar, através das áreas comuns, de salão de festas, duas quadras poliesportivas, academias ao ar livre, playground e áreas de convivência.

Estiveram presentes na solenidade de assinatura do empreendimento, além do prefeito Alexandre Kireeff e do presidente da Cohab, José Roberto Hoffmann, o vice-presidente de Operações Cooperativas da Caixa, Paulo Roberto dos Santos, o superintendente da Caixa, Elcio de Lara, o presidente da Cohapar, Mounir Chaowiche, o secretário de Fazenda, Luiz Carlos Hauly, os deputados federais, Alex Canziani e André Vargas, os deputados estaduais, Gilberto Martin e Tercílio Turini, o vice presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Gustavo Richa, a líder do governo na Câmara, Elza Correia e, os vereadores, Tio Douglas, Lenir de Assis, Gaúcho Tamarrado, Junior Santos Rosa, Emanoel Gomes, Mario Takahashi.

Fotos: Núcleo de Comunicação.

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 2090 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner

Servidor Municipal


Redes Sociais

Logo do Facebook  Logo do Flickr  Logo do Youtube  Logo do Twitter  icon instagran

 

 

ouvidoria rodape lon

 acesso a informacao rodape

icon interacao