Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Cônsul-Geral da China visita Londrina

Share

 

Intuito da visita foi conhecer a produção agrícola e agropecuária da região norte do Paraná para possíveis parcerias entre os países

consul.china.NPO prefeito de Londrina, Alexandre Lopes Kireeff, recebeu hoje (17), às 9h, o Cônsul-Geral da China em São Paulo, Sun Rongmao, que veio à cidade para conhecer as indústrias agropecuárias da região e estabelecer possíveis parcerias que possam contribuir para o desenvolvimento econômico e social do Brasil e da China.

Esta foi a primeira vez em que o cônsul-geral visitou Londrina e, de acordo com ele, a escolha pela cidade se deu após pesquisar sobre agropecuária e agricultura brasileira. Isso porque há quatro anos a China se tornou o maior investidor no Brasil.

“Os maiores destinos de empresários chineses são Rio de Janeiro e São Paulo, mas podemos fazer muito mais em diferentes setores como os existentes aqui. Encontramos alguma dificuldade com a importação de lacticínios e carnes. Os chineses consomem em média cinco quilos de carne per capita, por ano, sendo que das 620 milhões de toneladas de carne consumidas, nós importamos 52%, o que é uma vantagem para cidades que produzem alimentos, porque com o aumento da população precisamos cada vez mais de comida”, disse Rongmao.

consul.china.N2Durante o encontro, Kireeff explicou aos visitantes que Londrina conta com uma produção importante de café, soja e frango, além de ser a segunda maior produtora de trigo do Brasil. O prefeito também mencionou os institutos de pesquisa agropecuária com sede na cidade como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar).

“Quando se fala em agropecuária, Londrina é o lugar certo para se visitar, porque contamos com importantes produções aqui e institutos que investem em pesquisas e melhoramentos genéticos como a Embrapa e o Iapar. Isso explica a qualidade agropecuária da nossa região. Além disso, 60% dos produtos exportados aqui são ligados ao café e os outros 40% são soja e carne. Produzimos também alimenconsul.china.N3tos de clima temperado e tropical e contamos com uma agricultura de pequenos produtores muito diversificada”, afirmou o prefeito.

O diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Bruno Veronesi, lembrou que a China é a maior parceira comercial de Londrina, pois exporta mais de U$ 400 milhões de dólares em produtos da área agropecuária para esse país. “A China é a nossa maior parceira comercial, já a Itália, que é a segunda maior, adquire um volume de produtos quatro vezes menor do que os chineses”.  

Após a visita ao gabinete do prefeito, o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Guilherme Casanova Júnior, acompanhou os visitantes a empresas ligadas à área agropecuária.

 

Fotos: N.com

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 1880 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner

Servidor Municipal


Redes Sociais

Logo do Facebook  Logo do Flickr  Logo do Youtube  Logo do Twitter  icon instagran

 

 

ouvidoria rodape lon

 acesso a informacao rodape

icon interacao