Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Prefeito entrega revitalização da Centrofarma

Share
Pela primeira vez, a central conta com a aprovação da Vigilância Sanitária do município, do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e do Corpo de Bombeiros para funcionar

O prefeito Barbosa Neto e o secretário municipal de Saúde, Edson Antônio de Souza, participaram nesta quinta-feira (5), da entrega oficial da revitalização da Central de Abastecimento Farmacêutico (Centrofarma), que aconteceu na própria Central, na rua Amapá, 700.
Prefeito entrega revitalização da Centrofarma
A Centrofarma recebeu pela primeira vez o aval da Vigilância Sanitária do Município, do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), do Corpo de Bombeiros e do Conselho Regional de Farmácia. O local passou por melhorias e adequações preconizadas nas normas desses órgãos governamentais como a colocação de 11 ares-condicionados que garantem a temperatura constante de 20 a 25 graus; isolamento da parte inflamável e de medicamentos psicotrópicos; divisórias para a parte administrativa; colocação de forro; pintura externa e nova entrada e saída para caminhões de entrega dos medicamentos.

O prefeito valorizou a reforma e as licenças concedidas à Centrofarma. “Hoje a gente tem tudo aquilo que é necessário para o funcionamento de um espaço como esse, que guarda a saúde do povo de Londrina, os medicamentos. Isso é uma grande vitória” ressaltou.

O secretário de Saúde, Edson Antonio de Souza, falou sobre a carência de reforma na Centrofarma. “Há 16 anos que a Centrofarma não recebia investimentos. Foram investidos R$150 mil na revitalização do local”, salientou. O secretário também ressaltou a quantidade de medicamPrefeito entrega revitalização da Centrofarmaentos distribuídos no município. “Dispensamos 7.455.743 unidades de medicamentos por mês na cidade de Londrina a um custo aproximadamente de R$353 mil”, informou.

A logística dos trabalhos também sofreu alterações. Agora, a alimentação de dados é feita através do Procedimento Operacional Padrão (POP). Antes, o município utilizava dois sistemas operacionais e, desde junho, todos os 27 funcionários estão treinados para utilizar o programa unificado que trouxe maior controle e agilidade aos serviços.

Além disso, todos os profissionais que trabalham na Centrofarma receberam Equipamentos de Proteção Individual (EPI) como, por exemplo, luvas, botas e jalecos. O município adquiriu novos paletes para acondicionar os medicamentos e uma plataforma elevatória está em processo de licitação. Ao todo, foram investidos mais de R$ 70 mil em melhorias.

Segundo a diretora de Serviços de Apoio da Secretaria de Saúde, Maria Terezinha Carvalho, o novo sistema operacional é um avanço para a Prefeito entrega revitalização da Centrofarmasaúde, assim como as adequações no imóvel. “As melhorias aqui no Centrofarma e a instalação de um sistema de informação unificado era um pedido que tínhamos há muito tempo. Todo o processo, agora, tem autorização do IAP e da Vigilância Sanitária e os funcionários contam com um local mais agradável para o trabalho”, disse a diretora.
 
A Centrofarma dispensa mensalmente mais de 600 mil itens de medicamentos às 53 Unidades Básicas de Saúde (UBS), Maternidade Municipal e pronto-atendimentos. Atualmente, a central conta com 316 medicamentos, 280 itens médico-hospitalares como seringas, gazes e luvas e 300 itens odontológicos. Desde 1996, quando foi inaugurada a Centrofarma, até hoje, o local não contava com aval da Vigilância Sanitária para funcionar.

Fotos: Vivian Honorato

Acesso Fácil

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 1939 visitantes

Núcleo de Comunicação

Banner
Banner