Banner
   
Tamanho Texto

Busca

topo2017 saude

Histórico do Programa

Índice do Artigo
Histórico do Programa
2001
2002
2003
2005
2008
2010
2011
2012
Todas as Páginas
Share


A Fitoterapia no SUS é utilizada como prática de saúde complementar, que restabelece de forma mais suave e duradoura a saúde do paciente, apresentando baixa incidência de efeitos colaterais em relação à alopatia, além da aproximação da equipe de saúde com os usuários do SUS graças ao resgate e valorização do saber popular.

Dentre as principais razões que impulsionam o grande crescimento do mercado mundial de fitoterápicos a cada ano estão: a valorização de hábitos de vida mais saudáveis e, consequentemente, o consumo de produtos naturais; os evidentes efeitos colaterais dos medicamentos sintéticos; a descoberta de novos princípios ativos de plantas e a comprovação científica de suas atividades terapêuticas.

Além disso, vale ressaltar que foram implementadas algumas importantes regulamentações sanitárias específicas para a produção e fornecimento de plantas medicinais e fitoterápicos, entre elas, a atualização da Farmacopéia Brasileira, agora em sua 5ª edição (FARMACOPÉIA, 2010). Dessa maneira, a qualidade dos insumos e dos serviços de assistência em fitoterápicos será assegurada, oferecendo garantias para os profissionais de saúde, gestor e usuários do SUS.




Acesso Fácil

Saúde

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 2466 visitantes