Banner
   
Tamanho Texto

Busca

topo2017 trabalho

Projeto de Inclusão da Pessoa com Deficiência

Share

O processo de exclusão, historicamente imposto às pessoas com deficiência, deve ser superado por intermédio da implementação de políticas afirmativas e pela conscientização da sociedade acerca das potencialidades desses indivíduos.

A Inclusão Produtiva da Pessoa com Deficiência no Mercado de Trabalho trata-se de um conjunto de ações que permitem atender a empregabilidade de pessoas com deficiência no mercado de trabalho de forma integrada, articulada e sustentável, tanto para a empresa quanto para o profissional.

Embora incentivada pela legislação vigente em vigor no país, a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho está longe de gozar de tais garantias, pois falta ampliar as responsabilidades desta garantia além da intervenção estatal, para passar a ser responsabilidade de todos.

Os dados do IBGE apontam para 24 milhões de pessoas com deficiência no país, porém essas pessoas não circulam nas ruas, escolas, locais públicos de lazer e cultura, não são vistas. Tal situação resulta em baixa escolaridade deste segmento, dificuldade de inserção social e comunitária e, principalmente, a não inserção no mercado de trabalho.

Autonomia de uma pessoa se avalia pela seus direitos de ir e vir, pela sua inserção na escola e mercado de trabalho. Mas para as pessoas com deficiência essa autonomia fica prejudicada em função da não combinação de todos os fatores elencados.

Objetivando então incluir as pessoas com deficiência no mercado de trabalho, faz-se necessário a adoção de ações afirmativas, através da aplicação da lei e seu monitoramento, mas principalmente tem que combinar esforços entre Poder Público e sociedade civil, através de sensibilização, pactuação e busca da efetividade dessas ações.


Parceiros
• Gerência Regional do Trabalho e Emprego em Londrina;
• UEL- Departamento de Psicologia Organizacional;
• Conselho Municipal dos direitos da Pessoa com Deficiência.

Atividades
• Cadastramento para vagas de trabalho da Pessoa com Deficiência;
• Captação de vagas para PCD;
• Atendimento psicológico às PCD para traçar perfil psico-profissional;
• Mapear demanda inserida do Programa;
• Identificação de empresas que precisam cumprir a lei de cotas;
• Avaliação do fluxo de atendimento às PCD no Sine;
• Realização de reuniões com PCD;
• Realização de reuniões com Setor de RH das empresas;
• Realização de reuniões com chefias de setores das empresas solicitantes de vagas;
• Realização de encontros técnicos para discussão de propostas;

 

rodape2

Acesso Fácil

Trabalho, Emprego e Renda

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 2794 visitantes