Banner
   
Tamanho Texto

Busca

Projeto Colcha de Retalhos

Share
          Inicialmente associada aos homossexuais masculinos e, depois, ao uso de drogas injetáveis e à prostituição — os chamados grupos de risco, a Aids vem mostrando outras faces. Desde o começo da década 1990, o número de mulheres infectadas pelo vírus HIV no Brasil, como nos demais países em desenvolvimento, aumentou radicalmente, apontando para um processo de feminização da epidemia. Hoje, essa feminização da AIDS aponta para os contextos de exclusão e estigmatização a que as mulheres estão submetidas devido à violência doméstica e sexual. Este contexto inclui estigma e violação dos direitos humanos, não reconhecimento das adolescentes e jovens como sujeitos de direitos, racismo e desigualdades étnico-raciais, pobreza e outras desigualdades socioeconômicas, uso abusivo de drogas, e para o atravessamento das questões socioculturais relacionadas às desigualdades entre os gêneros.

          Pensando nisso, a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres de Londrina, em parceria com as Secretarias Municipais de Saúde e de Assistência Social e a Faculdade Pitágoras de Londrina, desenvolveram o Projeto Colcha de Retalhos.

          No ano de 2011, o Projeto foi desenvolvido em parceria com o curso de Psicologia da Faculdade Pitágoras de Londrina. Inicialmente, estagiárias de psicologia foram capacitadas pela Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres e pela Secretaria Municipal de Saúde sobre questões de gênero e DST/HIV/AIDS. Depois, as estagiárias realizaram, por meio de técnicas participativas, oficinas de sensibilização e conscientização sobre as desigualdades de gênero, Aids e violência, além das questões de vulnerabilidade da mulher à exposição ao vírus HIV.  O resultado das oficinas foi a construção do que lembra partes de uma “colcha de retalhos”, que no final foram reunidas resultando na elaboração de uma cartilha que retratou, em cada pedaço, um tema sobre a trajetória de vida de quem a produziu. O material será utilizado como instrumento para fornecer às mulheres informações sobre a prevenção e o enfrentamento da feminização da AIDS.

          Os objetivos do projeto são:
               • Contribuir na prevenção e redução da incidência de doenças sexualmente transmissíveis, principalmente a infecção pelo vírus HIV entre as mulheres;
               • Desenvolver a consciência crítica das vulnerabilidades em que as mulheres estão submetidas;
               • Levar as mulheres a entenderem-se como sujeitos de sua própria história;
               • Consolidar espaços de intervenção preventiva;
               • Produção de material informativo para ações de prevenção com grupos de mulheres.

 

capa_site

Download

 

Acesso Fácil

Mulher

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 3513 visitantes

Servidor Municipal


Redes Sociais

Logo do Facebook  Logo do Flickr  Logo do Youtube  Logo do Twitter  icon instagran

 

 

ouvidoria rodape lon

 acesso a informacao rodape

icon interacao