Banner
   
Tamanho Texto

Busca

topo2017 assistencia social

Centro POP

Share

Coodenadora: Maria Lucimara Pereira

Localização - Centro Pop

 

icon-googleMapsRua Dib Libos 25 - ao lado do SAMU

Telefone: (43) 3378-0417 ramal: 350

E-mail: creas1@londrina.pr.gov.br

 

 Serviço de Abordagem Social

centro  pop

logo_nova

  

 

Sinal Verde

O Programa Sinal Verde integra a Política de Proteção Social Especial do município e tem como objetivo possibilitar às crianças, adolescentes e pessoas adultas em situação de rua a organização de seu projeto de vida, visando criar condições para resgatar e/ou adquirir referências na família e/ou na comunidade, enquanto sujeitos de direitos. Desenvolve ações de abordagem, acolhimento, convivência e socialização.

 

Metodologia de Trabalho

  • A Abordagem de Rua: realizada por educadores(as) sociais, tendo como proposta a construção de vínculo com crianças, adolescentes e adultos em situação de rua, visando a sua inserção na rede de proteção social. São realizadas abordagens programadas em locais de maior concentração dessa demanda e as abordagens solicitadas pela comunidade. Nesse sentido, as ruas, praças e logradouros públicos são utilizados como espaços de aproximação do cotidiano das pessoas em situação de rua, locais onde os riscos e vulnerabilidades se agravam. A proposta é garantir o acesso e inserção nas políticas públicas, estimulando e provocando a sua reflexão enquanto sujeitos de direitos, facilitando a sua participação no processo de superação da condição de rua.
  • O Atendimento na Sede: trata-se de um espaço institucional fixo, onde são realizadas triagens de novos casos, orientações via telefone, apoio à equipe da rua, atendimento interdisciplinar, discussão de casos, realização de trabalhos em grupos, oficinas, reuniões, entre outras atividades relacionadas ao trabalho. Uma equipe de auxiliares educativos realiza a acolhida inicial do/a usuário/a, que envolve a coleta de dados de identificação inicial e o encaminhamento ao atendimento técnico interdisciplinar. As fontes de encaminhamentos são diversas, tais como, educadores(as) de rua do próprio Programa, busca espontânea, rede sócio assistencial, Polícia Militar, Conselho Tutelar, serviços de saúde, abrigos, entre outros.

Atendimento Interdisciplinar 

  • Serviço Social: Realiza estudos sociais das situações trazidas pelas crianças, adolescentes ou pessoas adultas em situação de rua, visando a (re)organização de sua vida pessoal e social, oferecendo apoio que facilite o processo de superação da condição de vulnerabilidade apresentada, tais como, atendimento individual, grupal e familiar, regularização de documentação pessoal, concessão de passes urbanos e passagens, inclusão em abrigo, bem como em Programas de Transferência de Renda, tais como, Bolsas Capacitação, Auxilio, Família Acolhedora, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, entre outros. A dinâmica do atendimento envolve abordagens individuais e grupais; visitas domiciliares e institucionais; discussão de casos; articulação com a rede de serviços, bem como o levantamento e cadastramento dos recursos comunitários e institucionais e elaboração e participação em projetos, subprojetos e/ou programas afins.

 

  • Psicologia: Acompanhamento psicoterápico individual e/ou grupal , participação em oficinas, visando o fortalecimento e melhoria da auto estima das pessoas atendidas, para que este consiga romper com a situação de risco social e pessoal vivenciada.
  • Terapia Ocupacional: Trabalha na promoção da autonomia das pessoas em situação de rua, na organização de sua rotina de vida, discutindo auto-estima, cuidados pessoais, relacionamento interpessoal, trabalho/escola e lazer. Atua também no meio familiar, social ou profissional da pessoa, aconselhando os familiares, cuidadores e pessoas diretamente vinculadas ao trabalho da pessoa . Trabalha com a construção de vínculos de pertencimento, como condição fundamental para o processo de inclusão social das pessoas atendidas.
  • Bolsa Auxilio Morador de Rua:Visa criar oportunidades de geração de renda para pessoas a partir de 16 anos com trajetória de rua, visando à superação dessa condição e o resgate de sua autonomia, bem como o resgate de convívio familiar e comunitário.

 

Dados de Atendimento

 

 

 

 

Acesso Fácil

Assistência Social

Menu Principal

Quem está Online?

Nós temos 3097 visitantes